Bright Concept
PT EN
INÍCIO /

Blog

/

Accountability & Engagement

/ Se detesta ouvir desculpas quando alguém não atinge resultados, levante a mão!

Se detesta ouvir desculpas quando alguém não atinge resultados, levante a mão!

EM: Accountability & Engagement.9 OUTUBRO, 2019
Se detesta ouvir desculpas quando alguém não atinge resultados, levante a mão!

Quando os colaboradores têm os resultados em perigo de não serem atingidos, queremos que passem à análise do que estão a fazer mal, assumam que vão resolver, encontrem soluções e ajam... Mas todos sabemos que na realidade isso não costuma acontecer.

 

Um problema de Accountability

A palavra “accountability” em português significa “responsabilidade proactiva”. A falta de responsabilidade pessoal na obtenção de objetivos organizacionais é um dilema generalizado. Com efeito, em média, 60% dos colaboradores de cada organização admite não agir quando identifica um problema dentro da sua organização. Isto deve-se à existência de uma propensão natural para entrar no “ciclo da vitimização”: perante ineficiência ou ausência de resultados, culpamos as circunstâncias ou terceiros.

 

Segundo os dados da Gallup, em Portugal apenas 1 em cada 5 trabalhadores vai para o seu local de trabalho todos os dias sentindo-se motivado – e assim adicionando valor e inovação ao seu trabalho. O resultado é semelhante ao dos outros países da Europa, mas muito inferior à América do Norte, e bastante superior à maioria dos países da Ásia.

 

Stop à de falta de Accountability!

Ser accountable indica estar acima das circunstâncias e ter uma orientação interior constante que nos diz “o que mais posso fazer para contribuir para os objetivos da minha organização?”. Para tal, os líderes, terão de mudar o “mindset” dos seus colaboradores, transformando a típica atitude de “diga-me o que fazer e eu faço” em “isto é o que eu vou fazer para resolver o problema”.

Para ultrapassar esta situação, as empresas com mais sucesso têm feito programas de desenvolvimento da Accountability, de forma a alinhar os seus colaboradores e aumentar o seu engagement.

 

Desenvolver a Accountability nas organizações para tornar Portugal mais produtivo

Há 20 anos que trabalho para que as pessoas sejam mais eficientes e satisfeitas no seu trabalho. Com a Bright Concept, achámos que devíamos ir mais longe e focarmo-nos numa intervenção mais lata, que integra a consultoria para além da formação e do coaching, e que tem um impacto comprovado na produtividade das organizações a nível mundial.

Tornamo-nos assim os representantes exclusivos da Partners In Leadership, a empresa mundialmente reconhecida pelos seus resultados na criação de culturas accountable em todo o tipo de organizações. Com o Programa de Accountability, potenciamos a Accountability individual e a coletiva, que são o motor da produtividade, inovação e sucesso de uma organização.

Por exemplo, numa multinacional onde fizémos um destes programas com todos os colaboradores, o impacto notou-se desde o primeiro Workshop, onde um dos colaboradores me fez este comentário: "Já trabalho na indústria há muito anos e já tive muita formação mas esta foi a mais importante que tive, sem dúvida. Fiquei a sentir-me totalmente empenhado em ajudar a companhia a atingir os resultados chave.”

 

As 3 melhores práticas para desenvolver a Accountability

  1. Todos os colaboradores conhecerem os 3 Resultados Chave da Organização – é essencial que o líder tenha a visão e os resultados chave muito claros e conseguir que todos os colaboradores saibam dizer e entender quais são. As pessoas tendem a ser mais empenhadas e interessadas no seu trabalho quando lhes é dado este panorama geral pois permite-lhes enquadrar o que fazem na “bigger picture” da empresa e sentirem-se envolvidas e parte de algo maior.
  2. Terem consciência quando estão a fazer o jogo das desculpas e da culpa – saber identificar este ciclo é absolutamente necessário para que possam transformá-lo num ciclo de responsabilidade e de obtenção de resultados.
  3. Criar uma cultura de feedback constante –é também muito importante que todos saibam exatamente o que se passa, quais as suas contribuições para o panorama geral e, eventualmente, de que forma poderão contribuir mais. Isto implica, por exemplo, fazerem avaliações a 360º regulares e recolher as avaliações dos clientes frequentemente.

 

O nosso objetivo é claro: queremos levar as organizações portuguesas a realizar esta mudança de mentalidade e a chegar muito mais longe do que imaginam!

 

Saiba mais do nosso programa de Accountability aqui.

 

Isabel Freire de Andrade

CEO Bright Concept