Bright Concept
PT EN
INÍCIO /

Blog

/

Leadership

/ Lean Thinking e Design Thinking - os novos métodos de trabalho

Lean Thinking e Design Thinking - os novos métodos de trabalho

EM: Leadership.29 OUTUBRO, 2018
Lean Thinking e Design Thinking - os novos métodos de trabalho

O Design Thinking e o Lean Thinking são métodos para resolver problemas e inovar. Têm como foco o utilizador e a melhoria continua, ancorada na experimentação.

 

Mas em que diferem afinal?

 

No Lean Thinking, a parte do cérebro que ativamos maioritariamente é o lado esquerdo, pois é um pensamento mais ancorado na racionalidade. É uma abordagem cíclica, inspirada na indústria e com o objectivo de maximizar a eficiência, reduzindo o desperdício. O foco está nos processos de trabalho. Na resolução de problemas, recorre a dados maioritariamente quantitativos com a finalidade de testar as ideias.

 

No Design Thinking, pelo contrário, a parte do cérebro que ativamos maioritariamente é o lado direito, pois é um pensamento mais ancorado na emoção. A metodologia Lean Thinking pressupõe um início e um fim de projeto definido, é inspirada no trabalho dos designers, e tem como objectivo criar valor e ter significado para o cliente. O foco está no valor emocional e no significado para o cliente através da empatia. Na resolução de problemas recorre a dados mais qualitativos para perceber as necessidades dos utilizadores antes de decidir qual o problema a resolver.

 

E em que são semelhantes?

 

Para além dos objetivos serem semelhantes, estas duas metodologias têm o foco no utilizador e passos semelhantes. Utilizam ainda algumas técnicas iguais, como os 5 porquês, o diagrama de Ishikawa e a prototipagem. Com métodos e propósitos semelhantes, mas diferentes abordagens, estas formas de pensar são cada vez mais importantes para as organizações, pois respondem às exigências cada vez maiores de rapidez, inovação e foco no cliente.

 

 

Beatriz Santos | Trainee na Bright Concept