Bright Concept
PT EN
INÍCIO /

Blog

/

Liderança

/ O Ritmo e os Ciclos do Tempo na Liderança. Será que os Líderes estão diferentes?

O Ritmo e os Ciclos do Tempo na Liderança. Será que os Líderes estão diferentes?

EM: Liderança.10 MAIO, 2019
O Ritmo e os Ciclos do Tempo na Liderança.  Será que os Líderes estão diferentes?

A atual evolução acelerada da Tecnologia, e consequentemente dos Indivíduos e dos Negócios nas Empresas, promoveu mudanças significativas em todas estas áreas, em particular na liderança, estando tudo a acontecer em paralelo, mas com ritmos diferentes.
Sendo a Tecnologia não só a área que evolui mais rapidamente, como também a que assume o papel de catalisadora das evoluções ao nível das Pessoas e dos Negócios, esta tem hoje implicações claras ao nível da exigência de maior agilidade das empresas, e na sua liderança, em cada ciclo do tempo.

 

Então qual o Papel da liderança neste contexto?

 

Ao analisar o contexto em que está inserido, cada líder deve identificar o que alterar, para garantir que traz valor acrescentado a tudo o que faz na sua empresa. Para tal, terá que saber: o que iniciar? o que deixar de fazer? o que preservar?, sendo este um dos primeiros desafios a enfrentar, ou seja, ter que fazer escolhas.
Em paralelo, todos os Líderes vêm desenvolvendo a sua capacidade de aprender e de reaprender, sendo este um processo contínuo que conduzirá a uma rápida e gradual evolução. Em face da necessidade premente de sermos diferentes e de termos a coragem de fazer diferente, existe uma maior necessidade de aceitação do erro com humildade, garantindo que o processo de aprendizagem e de adaptação permanente não é apenas um “nice to have” mas um “must have”. Toda esta dinâmica de constante mudança exige uma liderança capaz de gerar permanentemente relações de confiança junto dos colaboradores pois afinal: TRUST IS ALL YOU HAVE!

 

Quais as competências de liderança a desenvolver?

 

curiosidade crescente e a cultura de inquietação são requisitos fundamentais num contexto de liderança que é cada vez mais partilhada, em que a cultura do feedback assume um papel fundamental. E porque só se muda a Cultura de uma Empresa através da liderança, a capacidade de cada líder saber identificar em cada uma das equipas quais são os observadores, os atores, ou os autores que asseguram a agilidade e a capacidade de resposta apresenta-se como um fator chave para se construir um futuro melhor.
Inerente ao ritmo e aos diferentes ciclos do nosso tempo, a liderança na Experiência Cliente e na Experiência Digital, pondo as novas tecnologias ao serviço de uma Organização centrada no Cliente, são o garante da Inovação e Eficácia, ao mesmo tempo que se assegura a capacidade de entregar no curto prazo, com base numa Visão de longo prazo.

 

Porque ter uma liderança com propósito?

 

Um líder precisa assim de ter muito claro qual o propósito, a causa para a qual direciona toda a sua energia, garantindo a gestão dos Tangíveis e dos Intangíveis, numa era em que triunfam os Intangíveis e em que o talento valoriza elementos intangíveis, com propósito. Ao ter um propósito, o líder é capaz de motivar a sua equipa, de influenciar as pessoas, de humanizar as relações nos negócios, levando a entender que cada um faz parte de algo muito maior, o que se reflete em níveis elevados de compromisso, porque afinal:  “O Propósito do trabalho é trabalhar pelo Propósito”.

 

 

Marinela Cunha Rolo

Director Business Development