Bright Concept
PT EN
INÍCIO /

Blog

/

Mudança de Cultura

/ A cultura na sua organização está a contribuir para os resultados ou a trabalhar contra eles?

A cultura na sua organização está a contribuir para os resultados ou a trabalhar contra eles?

EM: Mudança de Cultura.10 ABRIL, 2018
A cultura na sua organização está a contribuir para os resultados ou a trabalhar contra eles?

A cultura está sempre a trabalhar 24 horas por dia, enviando pistas para as pessoas sobre como elas devem pensar e agir no trabalho. A cultura tende a ser difícil de mudar e geralmente só é questionada quando novos resultados são necessários. Faz sentido: a mesma velha mentalidade só vai dar os mesmos resultados antigos.

 

Se a sua organização precisa acelerar o crescimento, fazer uma mudança rápida, mesclar ou expandir, reinventar-se para aproveitar uma oportunidade ou simplesmente ter resultados mais positivos, terá que gerir a cultura para chegar lá.

 

O que faz quando precisa fazer mudanças para alcançar novos resultados?

Introduz novos planos de ação, novas regras, novos procedimentos? Ou reestrutura-se? A reestruturação é o caminho que a maioria dos gerentes toma, mas a maioria acaba por perceber que nada mudou na maneira como as pessoas pensam. Isso acontece porque os processos de reestruturação tendem a  concentrar-se na superfície - mudando a maneira como as pessoas agem. Mas quando nos concentramos apenas em ações, acabamos usando uma estratégia de mudança “coercitiva”, baseada em forçar as pessoas a fazer o que queremos que elas façam. E eles fazem isso - até a pressão se desligar e tudo voltar a ser como costumava ser.

 

Acha que pode forçar alguém a mudar o seu modo de pensar ou suas crenças? Claro que não. Terá que mudar a experiência dessa pessoa para que  possa mudar as suas crenças.

 

Mudar a forma como os funcionários pensam e agem parece impossível para a maioria dos gerentes, mas com a metodologia do Partners In Leadership não é. Esta metodologia tem sido responsável por rápidas mudanças na cultura e nos resultados para muitas organizações em todo o mundo e nós representamo-la exclusivamente em Portugal.

 

De acordo com essa metodologia, para mudar as ações das pessoas, precisamos mudar as suas crenças sobre o que devem fazer e como devem fazê-lo. Essas crenças ou modos de pensar originam-se na experiência. Para simplificar: as experiências criam crenças, as crenças impulsionam ações e as ações produzem resultados. Portanto, para mudar os resultados, precisamos começar a mudar as crenças das pessoas, de acordo com o modelo de Partners In Leadership. Contrariamente ao que acontece quando nos concentramos em ações, quando nos concentramos em crenças e experiências, tendemos a usar uma estratégia de mudança “persuasiva”, baseada em ajudar as pessoas a investirem totalmente e a se apropriarem da mudança.

 

Quando isso acontece, uma mudança de transformação é alcançada. Não precisará mais de dizer às pessoas o que fazer. Eles terão internalizado a mudança e serão capazes de colocar seu coração e mente nela. Quando as pessoas só mudam de ação, é apenas uma mudança de transição, que não durará muito.

 

As mudanças que precisa na sua organização são transformacionais ou transitórias? Se precisar de uma mudança transformacional, dedique-se a administrar a cultura ou a cultura estará a administra-lo a si.

 

Isabel Freire de Andrade | Parceiro da Bright Concept