Bright Concept
PT EN
Agendar reunião

Agendar reunião

* Campos obrigatórios
Li i aceito a Politica de privacidade
Enviar
INÍCIO /

Blog

/

Mudança de Cultura

/ Transformação Digital vs Transformação Humana

Transformação Digital vs Transformação Humana

EM: Mudança de Cultura.24 JULHO, 2020
Transformação Digital vs Transformação Humana

 

Os Desafios da Transformação Humana

 

Em processos de ruptura e descontinuidade, existem momentos de verdade em que é necessário criar espaços de magia e sobretudo possibilitar a experimentação e a recriação.

Nas Empresas, torna-se assim necessário recriar uma linguagem que traduza esse ambiente de magia e que permitirá contar uma nova história, em que se experimentam os limites da própria cultura! Neste Espaço transportam-se outras visões, outros sentimentos, outra lógica e sobretudo outro propósito. A ideia é partir, fracturar, reconstruir e descobrir outros mundos.

Assim, um processo de transformação digital é sempre acompanhado por uma profunda e exigente transformação humana, em que não se podem manter os métodos clássicos, as normas vigentes ou os processos existentes querendo, ainda assim, contar uma nova história.

E em qualquer processo de transformação digital, a mudança de Cultura é a chave para assegurar o sucesso. É por isso necessário inscrever na cultura o novo lado digital, a marca da individualidade, para depois construir um novo tecido empresarial, inventando uma outra ordem. E, nesta nova ordem, os valores tradicionais pouco importam …

Sabendo que todos nós temos crenças que se vão recuperando em vários momentos de mudança, sempre que a racionalidade não consegue dar resposta às situações do dia-a-dia, o recurso à memória é o meio para recuperar o universo cultural. Desta forma, vamo-nos permitindo recriar a cultura, bem como os valores culturais.

A transformação digital tem assim vindo a delinear a forma como as pessoas interagem entre si e com o mundo, traduzindo hábitos tradicionais em processos de contínua ruptura, os quais perduram até que a nova estabilidade resultante desta transformação possa ser alcançada.

E em todas as diferentes etapas há impactos, quer na vida pessoal, quer nas empresas.

A transformação humana é pois como que uma travessia que cada um faz dentro de si, garantindo o alinhamento com a modernidade, ao mesmo tempo que assegura o equilíbrio com a sua história e a história de cada empresa em particular.   

 

 

As mudanças inerentes à Transformação Digital

 

O Mundo tornou-se digital e continuará a mudar e a evoluir, pelo que não podemos voltar atrás. Está assim em cada um de nós a capacidade de mudar com ele.

Neste contexto, a Transformação Digital surge como uma tendência emergente e tudo o que está relacionado com o mundo digital, implica uma revolução que está a mudar em permanência quer o mercado, quer a maneira de consumir. Devido às múltiplas mudanças em curso, a inovação surge como um factor chave para fazer face à concorrência e enfrentar os novos desafios.

Durante o percurso de Transformação Digital, as empresas aumentam por norma o nível de consciência da sua própria realidade, da sua maneira de levar a cabo os projetos e da forma como se vão adequar às mudanças destes novos tempos. Ao mesmo tempo, vão demonstrando habilidade e flexibilidade no momento de implementar as tecnologias emergentes e garantindo que os seus profissionais estão em permanente adaptação à nova cultura.

Veja aqui: Soluções Bright Concept: Engagement Accountability e Cultura

 

Em paralelo, vão-se adoptando metodologias de trabalho mais ágeis, que se adequem à nova velocidade imposta pela tecnologia e ampliam-se os conhecimentos sobre as mudanças, seja ao nível dos produtos, dos serviços ou mesmo dos próprios modelos de negócio. Contudo, de acordo com um Survey realizado pela Harvard Business Review, cerca de 70% dos processos de transformação digital fracassam.

 Assim, por forma a atingir os objetivos associados à transformação digital, há que integrar as tecnologias digitais em todas as áreas do negócio. As empresas precisam de atualizar os seus sistemas, processos e procedimentos e acima de tudo a sua Cultura, tratando-se a transformação digital de uma arma poderosa, que contribui para que as empresas se mantenham relevantes nos mercados onde operam.

É através da integração de uma Cultura Digital e também através da Formação, que se promove e facilita a adaptação aos processos de mudança, assegurando-se que as equipas aderem mais facilmente aos novos processos e garantindo-se assim um caminho de transformação mais ágil.

Esta Transformação Cultural das empresas é ao mesmo tempo o garante de que estão preparadas para a próxima revolução tecnológica, sem necessitar esforços adicionais muito significativos para que se mantenham atuais e competitivas.

Neste caminho de constantes rupturas, as quais se traduzem em várias áreas, vemos desde logo o impacto direto nas compras online – com um crescimento ímpar durante o recente confinamento - alterando o papel das lojas físicas, que precisam de se fazer valer da tecnologia, por forma a oferecerem uma experiência única ao consumidor.

Também no Sector Financeiro, existem inúmeras startups que utilizam tecnologia para facilitar o acesso do consumidor a serviços financeiros, forçando os bancos a uma contínua digitalização, para que se possam manter competitivos.

Ainda na Indústria 4.0, as linhas de montagem inteligentes usam robôs, sensores de Internet das Coisas, plataformas de análise e Inteligência Artificial, não só para aumentar a sua produtividade, mas também para melhorar a qualidade de seus produtos.

E no setor da Saúde, estão já a ser usados sensores capazes de monitorizar a saúde dos pacientes de forma remota e em tempo real, ao mesmo tempo que se realizam Consultas por videoconferência.

Existem ainda imensas oportunidades para a transformação digital da sociedade, que se traduzirão de várias formas muito positivas. Veremos mais dados, inteligência artificial (IA) e outras tecnologias convergentes para melhorar a condição humana. Mas, assim como o digital vai desempenhar um papel cada vez mais importante na vida das pessoas, assim também a ética será um factor fundamental, que merecerá um acompanhamento muito específico.

E todos os pressupostos acima levam-nos à pergunta: “Quais os atributos culturais que uma organização precisa para assegurar uma transformação digital de sucesso?”

 

Podemos destacar 7 mudanças culturais chave para alcançar uma eficaz transformação digital:

 

E no final, constatamos que as tecnologias digitais trazem um novo valor significativo. No entanto, as empresas só conseguirão desbloquear esse potencial e alcançar a sustentabilidade, se tiverem uma cultura digital adequada, assumida e implementada a todos os níveis da organização.

 

Assim, na integração de uma cultura digital, como caminho para a construção de uma nova identidade, apetece-me partilhar uma citação de Mia Couto:

 “[…] identidade é uma casa mobilada por nós, mas a mobília e a própria casa foram construídas por outros

 

Marinela Cunha Rolo

Director Business Development na Bright Concept