Bright Concept
PT EN
INÍCIO /

Media

/

Liderança

/ Como serão os líderes de sucesso no futuro?

Como serão os líderes de sucesso no futuro?

EM: Jornal do Forum RH

Imagine-se em 2022, numa atmosfera futurista… Está em plena Quarta Revolução Industrial!

 

Vive num mundo digitalizado, de Robótica Avançada, Transporte Autónomo, Inteligência Artificial, Biotecnologia e constantes criações tecnológicas de ponta.

Está em casa, na sua velha poltrona, e pondera mudar para um emprego melhor… Pega no seu tablet, faz uma pesquisa inteligente e rapidamente tem acesso a uma enorme lista de empresas onde poderá trabalhar.

Pondera pedir informação sobre as potenciais chefias nessas empresas, pois para si é um mau chefe que o faz desistir de um trabalho. Decide assim que, desta vez, esse vai ser o primeiro critério para escolher o seu novo trabalho.

Remexe-se na poltrona… e começa a refletir nos líderes de sucesso atuais e nos que até agora fizeram com que o seu potencial se revelasse.

Que tarefa árdua!

Quais são as competências mais importantes para um líder?

Vai pensando alto…

Atualmente as tendências mudam a uma velocidade alucinante, se um líder não tiver um bom pensamento estratégico e criativo provavelmente acabará por estar a trabalhar num projeto que vai cair em desuso muito rapidamente ou não conseguirá resolver alguns problemas mais complexos que surjam.

Importa ainda… analisar os scores de accountability das equipas e líderes de cada empresa. Se forem elevados, vale a pena candidatar-me, pois são o melhor indicador de sucesso da empresa.

Já tive vários chefes que não davam o exemplo em termos de responsabilidade e integridade e não conseguiam focar a equipa para atingir os resultados pretendidos … os meus colegas acabavam por estar focados nos seus interesses, entravam no jogo da vitimização, não geriam a mudança construtivamente e os resultados não apareciam. Não quero repetir a experiência…

Por último, vou ver quais os estilos de liderança das chefias. As que tiverem avaliações mais altas dos seus colaboradores nos estilos visionário, coaching, participativo e relacional serão os melhores.

Os que forem diretivos, os pace setting que só lideram pelo exemplo, serão os chefes a eliminar pois já não fazem sentido nas estruturas planas atuais e neste mundo robotizado, sem espaço para o coração e a alma. O que valorizo num líder é que ele seja muito humano, empático, que motive, desenvolva, promova a cooperação e que partilhe um sentido para o trabalho!

Vou ainda ver as avaliações de inteligência emocional das chefias, a base para que uma chefia possa ter estes estilos de liderança, e apercebo-me que a lista inicial está a ficar muito reduzida. .., mas ainda encontro empresas com líderes interessantes a explorar. 

Esta reflexão deixou-me inquieto, nunca imaginei que existissem tão poucos verdadeiros líderes… no entanto, encaro como um desafio! Percebo que ainda tenho muito a desenvolver se um dia quiser vir a ser um bom líder. Ser excelente em pensamento estratégico, criatividade, accountability e ainda ser empático e visionário parece-me muito exigente.

Um pouco triste, pergunto-me, se conseguirei chegar lá…

 

Nós, na Bright Concept, acreditamos que sim e podemos mostrar-lhe como! Afinal, It´s in you!

 

E você que está a ler? Quer fazer parte desta lista em 2022?