Bright Concept
PT EN
INÍCIO /

Media

/

Accountability

/ Considera-se Accountable?

Considera-se Accountable?

EM: Revista Human

Considera-se “accountable”?

Perante os objectivos que tem, sente-se empenhado e capaz? Sente-se responsável  pelos resultados que tem? Ou diz com frequência “Isto não é da minha responsabilidade”, “Eu nem sabia disto”, “Não atingi os resultados por causa da situação atual do país”. Frases como estas são muito frequentes nas organizações e representam a desresponsabilização e vitimização que reduzem o crescimento. Urge ultrapassar as circunstâncias existentes, tomar iniciativa, resolver proactivamente e realmente agir. Tudo isto se resume num conceito que é fundamental potenciar nas empresas portuguesas: accountability.

 

Mas o que significa accountability? Quando perguntamos o que significa a palavra inglesa accountability, muitos respondem com a palavra responsabilidade. Alguns referem que esta responsabilização é orientada para o passado: “Alguma coisa correu mal e agora temos que encontrar o responsável para isto.”. Para nós accountability vai além da palavra “sentir-se responsável”. Na definição da Bright Concept, como membro da DOOR International, o representante exclusivo da Partners in Leadership em todo o mundo,  accountability é uma decisão própria de estar “acima” das circunstâncias: ver e analisar a situação, assumir a responsabilidade, procurar soluções e entrar em ação. Não precisamos só de pessoas que dizem que são responsáveis, precisamos de pessoas que continuamente analisam, resolvem e atuam de forma responsável. 

 

Como se materializa a Accountability? O modelo de accountability da Partners in Leadership tem dois níveis divididos por uma linha. Debaixo da linha existe o “jogo da culpa” ou “ciclo de vítima”, onde se ouvem frases tais como “Isto não é do nosso departamento”, “Eu já tinha dito há meses que isso ia acontecer”, “Pergunta ao meu chefe, ele deve saber”.

Acima da linha temos os “passos para accountability”: ver, apropriar-se, resolver e fazer o que é necessário. Acima da linha vemos o que está sob o nosso controlo, tomamos responsabilidade, auto-motivamo-nos, procuramos soluções e entramos em acção.  

 

Durante quanto tempo é accountable? Quando falamos sobre o modelo, muitas vezes os nossos interlocutores respondem “Mas não é um comportamento natural do ser humano queixar-se de vez em quando?”. Este comentário tem sentido: estar debaixo da linha é algo natural que pode acontecer a cada um de nós. Acompanhando muitos processos de mudança em empresas em Portugal, encontramos pessoas que ficam “debaixo da linha” durante meses. Muitas vezes fazem isto para mostrar uma posição. O que elas não estão conscientes é que esta atitude não só afecta os resultados da empresa, como também é negativa para elas próprias, pois traduz-se em desmotivação, e problemas de saúde. O verdadeiro desafio da accountability por isso é estar o menos tempo possível debaixo da linha. 

 

Qual a vantagem de ser accountable? Nos Programas de desenvolvimento de Accountability fazemos com que as equipas fiquem acima da linha, tomem a decisão de  ver o que ainda podem fazer para ir além das circunstâncias, se apropriem da situação, procurem soluções e realmente façam acontecer. E assim obtenham resultados brilhantes!

 

A Bright Concept tem como missão desenvolver o potencial das pessoas, das equipas e das organizações. Acreditamos que as pessoas e as equipas podem ser mais eficientes, mais empenhadas no seu trabalho e mais inovadoras e assim contribuir muito mais para as organizações e para Portugal, Moçambique, Angola e Brasil. Fazemo-lo com uma equipa entusiasta e formada em várias metodologias internacionais e com parcerias estratégias internacionais, tais como a Partners in Leadership, dos quais somos os representantes exclusivos em Portugal dos Programas de Accountability para líderes e para equipas.