Bright Concept
PT EN
INÍCIO /

Media

/

Bright Concept / Prémios

/ É essencial sabermos o nosso potencial

É essencial sabermos o nosso potencial

EM: Jornal Público

1 - Com sensivelmente 30 anos de experiência, é fundadora e partner da Bright Concept, a empresa de consultoria que venceu o 1º lugar no concurso dos Melhores Fornecedores de RH.  Quem é esta empresa e a mulher que ocupa a principal linha da frente da Bright Concept?

A Bright Concept nasceu para potenciar o brilho que há em cada pessoa, em cada equipa e em cada organização. Nós fazemos de cada cliente um caso de sucesso. 

Vou revelar-lhe o segredo do nosso trabalho: tudo o que fazemos, fazemos com prazer e dedicação personalizada. Creio que foi esse motivo que nos levou ao 1º Lugar Global como Melhor Empresa Fornecedora de RH. Os nossos clientes, como a Siemens, BP, Sonae, Santander, Leroy Merlin, Tranquilidade, Itaú, REN e a FNAC, valorizam quando maximizamos o potencial dos seus colaboradores nas áreas da Liderança, Inteligência Emocional, Accountability, Influência, e Relação com os Clientes. Qual é o impacto daquilo que fazemos? Aumentamos a rentabilidade, a performance e a satisfação, tornando a missão dos clientes uma realidade!

Quanto a mim, esforço-me por transmitir os nossos valores. Por isso tento ser a personificação do entusiasmo, confiança, inovação e eficiência. A minha filosofia é muito simples: é essencial sabermos o nosso potencial, usá-lo sem interferências e realizar os nossos sonhos. 

 

2 - Hoje, são muitos os profissionais que não se sentem realizados com a sua carreira ou porque ainda não encontraram a empresa certa para trabalhar ou porque estão cansados do trabalho que desempenham. Com base nesta realidade, como é ser consultor em Portugal?

É fantástico ser consultor em Portugal. É ter a oportunidade de todos os dias contribuir para o desenvolvimento dos nossos clientes e crescer com isso. Todos os dias conhecemos e vivemos diferentes realidades exigindo um nível elevado de adaptação à mudança. Em que profissão é possível tudo isto? Só mesmo na Consultoria.

 

3 - A Isabel acredita que “as pessoas podem ser mais do que aquilo que imaginam” e que, com o seu trabalho pode ajuda-las a “concretizar esse potencial”. Hoje em dia, no seio das empresas portuguesas, há uma real valorização do seu capital humano?

As grandes empresas portuguesas perceberam que é o investimento nos seus colaboradores que os pode levar à excelência. As empresas nacionais que nos contactam são as mais competitivas em Portugal e por isso estão a par e adotam políticas de recursos humanos muito idênticas às das multinacionais. Elas sabem bem que o retorno da nossa formação e coaching tem um ROI muito elevado.

 

4 - Se a Bright Concept se assume como uma empresa que “dá mais brilho” às pessoas, quem lhe dá o seu brilho?

O brilho da Bright Concept advém da qualidade da minha calorosa equipa, dos nossos clientes que nos exigem mais e melhor e dos nossos parceiros que nivelam a qualidade da nossa intervenção. 

Dentro dos parceiros destacamos os que somos os representantes exclusivos em Portugal: A Partners In Leadership, uma empresa reconhecida mundialmente na área da Mudança da Cultura Organizacional e no desenvolvimento da Accountability. The Inner Game International School, na qual convidámos Tim Gallwey, o pai do coaching, a vir a Portugal para fazer um workshop e lançar a escola. A No Bully, o programa em que desenvolvemos a Inteligência Emocional dos jovens nas escolas para parar o bullying. 

 

5 - Na sua opinião, o que distingue uma liderança no feminino de uma liderança no masculino? Quais são as mais-valias de ter uma equipa com homens e mulheres com características tão distintas?

Uma liderança feminina é passível de ser mais multifacetada, versátil e flexível. Já uma liderança de um homem costuma seja mais focada, eficiente e dedicada a 100% a cada tarefa separadamente. Assim, existem grandes vantagens em ter uma equipa de trabalho diversificada, para congregar as qualidades centrais de ambos e maximizar os variados objectivos. 

 

6 - Ser mulher, em algum momento da sua carreira, foi um impeditivo ou colocou algum tipo de entrave à realização de um objetivo?

Não, nunca foi um impeditivo, e também não deixaria que fosse um entrave no caminho dos meus objectivos! Atualmente a realidade Ocidental permite-nos que a concretização dos nossos objectivos dependa principalmente de nós próprios e da nossa vontade. E eu sempre fiz questão que assim fosse comigo. 

 

7- Para o futuro, que projetos quer ver concretizados no seio da Bright Concept?

O nosso principal objetivo é garantirmos que os nossos clientes estejam preparados para a 4ª revolução industrial, onde a forma de fazer negócios vai ser muito diferente. Para isso estamos a fazer formação, consultoria e coaching para que os nossos clientes sejam excelentes em Liderança, Inovação, Networking, e Desenvolvimento dos Colaboradores. Queremos assegurar que o nosso futuro e o dos nossos clientes seja Brilhante!